sábado, 5 de janeiro de 2013

1963 : Alpine M 63 (nº48)





Aproximadamente às 20:20 h quando Christian liderava na categoria de 700 a 1000cc, e na geral era 3º, quando o Aston-Martin de Bruce MacLaren e Innes Ireland, pilotada na hora por Ireland, vazou óleo na pista e os três carros que vinham a seguir passaram a derrapar e saíram violentamente da pista, chocando-se. O carro de Heins após derrapar, bater num outro carro, dar várias cambalhotas, bateu num poste de iluminação e incendiou-se, ficando o piloto preso nas ferragens, provavelmente desfalecido, os bombeiros tiveram dificuldades em abrandar o fogo e retirá-lo, foi levado com urgência para o hospital onde os médicos constataram simplesmente que ele já estava morto, enquanto os destroços do Alpine de Christian continuavam ardendo intensamente junto à pista. Os médicos legistas declararam que o piloto faleceu instantaneamente em conseqüência dos ferimentos na cabeça e teve o corpo parcialmente carbonizado. Sua esposa, seu pai e o amigo e patrão Max Pearce assistiam tranqüilamente a competição quando receberam a terrível notícia.
Seu corpo foi transladado para o Brasil e sepultado dia 27 de junho no cemitério do Redentor em São Paulo(bandeiraquadriculada.com)


2001 : Courage C60 (Pescarolo Sport) nº18









Abandonou por acidente


2001 : Courage C60 (Pescarolo Sport) nº17